Tecnologia RFID: uso e vantagens

A Identificação por Radiofrequência é utilizada por muitas empresas e para diversas finalidades, justamente por possuir inúmeras vantagens e formas de uso. Componentes minúsculos que podem ser rastreados à distância são o diferencial desta tecnologia.

Postado no dia em Tecnologia

Tecnologia

Constantemente utilizada, mas pouco identificada pelas pessoas, a tecnologia RFID possui inúmeras vantagens e pode ajudar em muitas situações. A sigla RFID (do inglês Radio Frequency Identification) significa Identificação por Rádio Freqüência e é utilizada para identificar, rastrear e gerenciar uma infinidade de objetos: produtos, documentos, animais e indivíduos. Trata-se de um método de identificação automática através de sinais de rádio, que capta, recupera e armazena dados remotamente. Sem contato e sem a necessidade de um campo visual, há uma grande intensificação no uso da tecnologia RFID para todos os tipos de aplicações possíveis atualmente, através de um elemento quase minúsculo, chamado de etiqueta ou tag.

rfid.jpg

COMPOSIÇÃO

Uma etiqueta ou tag RFID é um transponder, ou seja, um objeto bem pequeno que contém chips de silício e antenas, permitindo responder aos sinais de rádio enviados por uma base transmissora. Um sistema RFID digital funciona como um poderoso meio de aquisição de dados em tempo real, com a vantagem de eliminação de intervenções humanas manuais e visuais, dinamizando o tempo de transições e assegurando eficácia.

USO E VANTAGENS

A tecnologia RFID pode ser aplicada em inúmeras situações: segurança e controle de acessos, controle de tráfego de veículos, identificação pessoal, rastreamento animal, identificação de objetos, recurso de check-in e outras. As áreas que utilizam esta aplicação são bem variadas também, como exemplos: setor público (controle de passaportes e identificação em bibliotecas), farmacêutico (para garantia de autenticidade), automotivo (imobilizador eletrônico de motor e controle de acesso aos pedágios), varejista (controle do fluxo de mercadorias), aéreo (bagagens em aeroportos), médico-hospitalar (identificação de pacientes e administração de medicamentos), entretenimento (cronometragem de participantes), entre outros.

A RFID pode ser utilizada também na manufatura, logística e distribuição, proporcionando mais visibilidade, rastreamento e sincronização da cadeia de suprimentos, com total confiabilidade. Processos como o inventário na central de distribuição, estoque ou nas próprias gôndolas podem ser feitos de forma instantânea, sem erros e em tempo real, dinamizando a operação, reduzindo custos, diferenças físicas e contábeis.

Além disso, por não necessitar de contato manual, os colaboradores podem se manter voltados a atividades que agregam mais valor, implicando diretamente na melhoria do nível de serviço e atendimento ao consumidor.

COMO UTILIZAR

Este tipo de tecnologia é extremamente útil e pode ser a melhor solução para uma empresa. Porém, é preciso identificar com atenção qual é a situação e como a RFID se encaixa como solução. Existe um processo grande e completo que proporciona o funcionamento ideal, envolvendo as próprias etiquetas, os leitores e o software que promove o sistema e gestão dos dados armazenados.

Existem também, vários tipos de etiquetas, cada uma para um tipo de finalidade, superfície e quantia. O avanço tecnológico não para e constantemente empresas desenvolvem novos tipos de etiquetas e sistemas.

Portanto, uma consultoria que avalie quais são as necessidades, finalidades e especificações para a implementação da tecnologia RFID em uma empresa, é essencial antes de adquirir o serviço.

A experiência da Braffix no ramo de thermotransfers e soluções inovadoras garantem know-how para orientação e toda informação necessária para entender e adquirir soluções em RFID.

Por isso, estamos à disposição para dúvidas, informações e orçamentos. Entre em contato com nossa equipe clicando neste link.

< Voltar

Leia Também

04.11.2017

A escolha da prensa térmica

Para ter resultados superiores é necessário um serviço bem executado, o que exige qualidade nos transfers, habilidades na mão-de-obra e máquinas modernas de boa performance. E a escolha da prensa térmica ideal é muito importante para o processo e produto final.